segunda-feira, 9 de julho de 2012

Coragem


Eu olho pro lado e te vejo cometendo os mesmos erros, tendo as mesmas atitudes (e por que não a falta delas?) diante dos mesmos fatos, tal qual no passado. Atitudes que em algum momento também já as tive, erros dos quais muitos já cometi. Mas a vida só muda quando nós mudamos, e agora passado algum tempo e superado tantos fatos e situações noto o quanto mudei, mas para tal a vida exigiu que eu aprendesse a superar a dor e principalmente a senti-la sem queixas idiotas.
O processo de cura é longo. Abandonar velhos hábitos, enfrentar medos que moravam dentro de mim há tanto tempo que já nem sabia mais como veio parar aqui. A vida exige coragem para ser feliz. A vida exige que não se tenha medo de sentir nenhum sentimento seja ele qual for: dor, felicidade, carinho, amor...
Agora quando olho pro lado te vejo do mesmo jeito. Com o passar do tempo vejo que meu sentimento foi muito forte. Assumo que cometi muitas falhas, mas sei que não me faltou coragem. Entendi que nada é por acaso e que tudo isso foi necessário.
Necessário pra perceber que eu sou muito especial. Necessário para notar que pra me amar é imprescindível me conhecer antes. E que para estar ao meu lado é necessário mais do que qualquer coisa CORAGEM. E isso meu caro você não possui; Coragem pra sentir, pra se mostrar e pra ser.
Enquanto permitires que a covardia seja sua mais fiel companheira a felicidade não chegará até você. A viver é um ato de coragem.



“O correr da vida embrulha tudo. A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta. O que ela quer da gente é coragem.”
João Guimarães Rosa