segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Você atualizado.




Em maio desse ano escrevi um texto (http://smallangelred.blogspot.com/2008/05/voc.html ) dedicado a alguém que foi muito importante em minha vida, um divisor de águas. Naquela época vivia uma situação muito complicada que não cabe muitas explicações. Meses se passaram e tudo já acabou há meses, resolvi finalizar, ou melhor, atualizar o texto.


Texto atualizado:

Você é aquele que fez meu coração querer ter outro coração (o seu).
Você é aquele que me fez arriscar.
Você é aquele com quem mesmo sem que eu percebesse fiz planos.
Você é aquele que sonhei viver um sonho de amor.
Você é aquele que eu confiei, consolei.
Você é aquele que eu pedi que jogasse limpo comigo.
Você é aquele que eu respeitei o tempo que se fazia necessário.
Você foi aquele que eu não pedi exclusividade, pois queria seu coração.
Você é aquele que eu julguei que eu tinha me feita digna de respeito.
Você é aquele que presenciou meu primeiro porre.
Você é aquele que me ligava desesperado no meio do dia porque as coisas não iam bem no trabalho.
Você é aquele que dizia que eu te transmitia paz.
Você é aquele que me levava pra almoçar e fazia meu dia ficar lindo.
Você é aquele que me tirava a paz.
Você é aquele que significava um tormento bom.
Você é aquele que fazia eu chorar noites seguidas por medo de tudo não dar certo.
Você é aquele que dizia sentir uma atração muito forte por mim a ponto de não resistir, o que era recíproco.
Você é aquele que conseguiu fazer meu coração superar minha razão e meu medo.
Você é aquele que eu queria como companhia pra qualquer lugar, qualquer programa.
Você é aquele que quando estava triste me deixava triste a ponto de chorar, por não ter as soluções que precisava.
Você é aquele que quando obteve as vitórias desejadas me deixou tão feliz como se minhas fossem.
Você é aquele que disse o que queria sem saber que um coração apaixonado ouvia e sangrava.
Você é aquele de quem eu pedi pra me afastar, depois de processar tudo o que ouvi e vivi.
Você é aquele que disse que não seria fácil ficar afastado de mim.
Você é aquele que eu tive medo de perder e liguei declarando que sua ausência era insuportável.
Você é aquele que não enxergou nada do que tinha em meu coração.
Você é aquele que eu tentei manter os pés nos chão e não ouvi meu coração.
Você é aquele que eu disse que não queria compromisso, pois sabia que pra você seria superficial.
Você é aquele que eu queria que sentisse minha falta.
Você é aquele que me convenceu a dar ouvidos a minha razão e colocar de lado meu coração.
Você é aquele que destruiu aos poucos tal sentimento.
Você é aquele que me fez derramar lágrimas de saudade.
Você é aquele que deu o golpe final e me decepcionou tanto que nem dor senti.
Você é aquele que no fundo sempre soube que me decepcionaria, mas achei que seria diferente.
Hoje Você é aquele que realmente conseguiu me mostrar que coração é terra que ninguém pisa, mas conseguiu mostrar também que você não nunca soube o que é gostar de verdade.
Hoje você continua me vendo sem máscaras, sem armadura, mas não acredito que eu o veja assim.
Hoje já não sei se consegui mexer com você e muito menos se tive alguma importância.
Hoje eu sei que não tive seu respeito, sua consideração.
Hoje sei que a atração que você sentia por mim sempre foi superior a qualquer coisa que você pudesse sentir, se é que sentiu.
Hoje sei que você não foi tão sincero quanto eu acreditava que você estava sendo.
Hoje sei que realmente jamais confiaria em você.
Hoje tenho certeza que fizemos as escolhas certas quando nos afastamos.
Hoje tenho certeza que não te amei.
Hoje nem sei se realmente te conheci, se você é o que eu pensava ser.
Hoje tenho certeza que paixões se vão da mesma forma repentina que vem.
Hoje torço para que um dia você ame verdadeiramente e aprenda a respeitar quem está ao seu lado.
Hoje torço para que você consiga respeitar sentimentos e cumprir com tratos, principalmente os que são feitos com alguém que joga limpo e quer o mesmo em troca.
Hoje me sinto feliz e grata a Deus por ter escutado minhas preces quando pedia que abrisse meus olhos se você não fosse me fazer feliz e que eu não sofresse.
Hoje não guardo raiva ou mágoa de ti, apenas lembranças de um tempo muito confuso.
Hoje diferente de maio não me sinto angustiada e sei que não aprisionarei meu coração.
Hoje assim como em maio ainda busco minha felicidade, mas sei que você não poderá fazer parte dela e isso é indiferente pra mim.
Hoje me sinto mais feliz, mais mulher, mais madura e te agradeço por isso.
Hoje. Sempre hoje.

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Fases da vida.



Hoje voltei a mais ou menos um anos atrás. Lembrei do que se passava em minha vida e o que buscava. Lembrei-me da virada do ano e de tudo que pedi a Deus naquela praia, nas cores que usei até pra que se de fato influenciar, que eu conseguisse mudar. Usei vermelho e branco para poder expressar melhor minhas emoções, para que pudesse me render às paixões, ser mais impulsiva.
No decorrer desse ano observei minha transformação com a duas pessoas que me relacionei. Realmente meus pedidos foram atendidos e avancei muitos passos nesse quesito. Sempre tive muita dificuldade em expressar o que sentia e por isso “perdi” pessoas muito legais e me relacionei com outras nem tão legais assim. No decorrer desse ano passei por inúmeras fases e estou na mais tranqüila dela, ainda na fase águia, mas me encontrando. Olhei para trás alguns anos e percebi que durante um tempo descobri o amor, o sexo com ele. É maravilhoso. Depois vivi a dor da ausência, o amor não correspondido, foi muito ruim. De repente me descobri mulher, não que não tivesse descoberto antes, mas não era esperta, viva para o mundo. Desconhecia meu poder de sedução. Consegui provar pra mim que sexo e amor são coisas muito distintas e que conseguia separar muito bem as duas. Conheci os relacionamentos sem compromisso, o ser o caso extraconjugal, a ter que fazer tudo escondido. Vivi emoções que desconhecia. Conheci como ninguém o poder da agenda de celular no fim de semana, em poder escolher com quem vou ficar e quem nem quero olhar. Conheci também o ter isso e estar sempre sozinha. O sentimento de ser descartável, o vazio disso tudo. Perdeu a graça. Por isso ano passado na virada namorava uma pessoa, que não me apaixonei, mas que adoro, pois me fez lembrar o quanto ter alguém é bom. Ele cuidava de mim como ninguém, mas era mais carência, amizade do que um relacionamento homem e mulher. Acabou rápido. Logo voltei a me relacionar com o ogro e julgava que nunca me apaixonaria por ele, afinal sabia muito bem que era ele e em quais circunstâncias havíamos nos conhecidos, me enganei, me apaixonei como nunca e me declarei, fui mais eu como nunca. Orgulho-me muito por isso. E não me arrependo. Mesmo que hoje não estejamos juntos.
Após o nosso rompimento nem usei a agenda do celular rssrs. Preferi ficar só. Uma Carla que não conhecia havia surgido e me assustava.
Agora com o fim do ano se aproximando, vejo que preciso provar pra mim no decorrer do próximo, ou próximos anos é que sou um ser que posso amar e ser amada. Que posso despertar no outro um sentimento superior ao de atração física, ou boa companhia. Quero mais. Preciso amar e me sentir amada novamente. Não sou só um pedaço de carne, com bunda grande e seios fartos que desperta o desejo dos homens. Quero despertar sentimento. Cansei do que é superficial. Do que já começa sem ter chances de dar certo, aliás, foi o que ouvi do ogro e tenho que concordar. O que começa errado dificilmente pode dar certo. Por isso daqui pra frente rumo a algo que possa me fazer chegar onde quero. Que venham novas experiências e que se o amor demorar a chegar, que eu possa ter certeza que estou agindo certo e indo pelo caminho correto. Que estou conseguindo mostrar o que se passa dentro de mim.

*************************************************************************************


Ontem quando terminei meu projeto escrevi esse texto e resolvi colocá-lo aqui.


P.S: Meu mengão arrasou ontem contra o Palmeiras. ADOREI!!!


Boa Semana.

Bjoks

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Exigências da vida moderna

Olá povo,

Recebi o texto abaixo e resolvi postar, pois está a minha cara. É longo, mas vale a pena.

Estou sem tempo pra nada. Fim de período e antecipação da semana de provas, ninguém merece. Estou enlouquecida com finalização de projeto, preparação de apresentação, estudo de caso, preparação de simulação de perícia, análise de três legislações distintas, mais as fórmulas de mercado e administração financeiras, vou administrar uma carteira de investimentos como ninguém! Uhuhuh!! E para apimentar ainda tenho prova no inglês e uma prova de concurso que já desisti de estudar, vou jogar com a sorte. Ainda bem que consigo estudar no trabalho.

Devo dar uma sumidinha básica, mas tentarei comentar os blogs que visito.
Bjoks

Haja fôlego !!!!!
Exigências da vida moderna (quem agüenta tudo isso???)
Dizem que todos os dias você deve comer uma maçã por causa do ferro.
E uma banana pelo potássio.
E também uma laranja pela vitamina C.
Uma xícara de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes.
Todos os dias deve-se tomar ao menos dois litros de água. E depois uriná-los, o que consome o dobro do tempo.
Todos os dias deve-se tomar um Yakult pelos lactobacilos (que ninguém sabe bem o que é, mas que aos bilhões, ajudam a digestão).
Cada dia uma Aspirina, previne infarto.
Uma taça de vinho tinto também.
Uma de vinho branco estabiliza o sistema nervoso.
Um copo de cerveja, para... não lembro bem para o que, mas faz bem.
O benefício adicional é que se você tomar tudo isso ao mesmo tempo e tiver um derrame, nem vai perceber...
Todos os dias deve-se comer fibra. Muita, muitíssima fibra. Fibra suficiente para fazer um pulôver.
Você deve fazer entre quatro e seis refeições leves diariamente.
E nunca se esqueça de mastigar pelo menos cem vezes cada garfada.
Só para comer, serão cerca de cinco horas do dia. UFA !!!
E não esqueça de escovar os dentes depois de comer. Ou seja, você tem que escovar os dentes depois da maçã, da banana, da laranja, das seis refeições e enquanto tiver dentes, passar fio dental, massagear a gengiva, escovar a língua e bochechar com Plax. Melhor, inclusive, ampliar o banheiro e aproveitar para colocar um equipamento de som, porque entre a água, a fibra e os dentes, você vai passar ali várias horas por dia. CAGANDO NÉ!!!
Há que se dormir oito horas por noite e trabalhar outras oito por dia, mais as cinco comendo são vinte e uma.
Sobram três, desde que você não pegue trânsito. TÁ DIFICILLLLL
As estatísticas comprovam que assistimos três horas de TV por dia.
Menos você, porque todos os dias você vai caminhar ao menos meia hora (por experiência própria, após quinze minutos dê meia volta e comece a voltar, ou a meia hora vira uma).
E você deve cuidar das amizades, porque são como uma planta: devem ser regadas diariamente, o que me faz pensar em quem vai cuidar das minhas amizades quando eu estiver viajando.
Deve-se estar bem informado também, lendo dois ou três jornais por dia para comparar as informações.
Ah! E o sexo!!!!
Todos os dias, um dia sim, o outro também, tomando o cuidado de não se cair na rotina.
Há que ser criativo, inovador para renovar a sedução.
Dizer EU TE AMO, toda hora, ''ainda pego quem inventou essa neura...que saco!!!''
isso leva tempo e nem estou falando de sexo tântrico.
Também precisa sobrar tempo para varrer, passar, lavar roupa, pratos e espero que você não tenha um bichinho de estimação. Se tiver tem que brincar com ele, pelo menos meia hora todo dia, para ele não ficar deprimido....
Na minha conta são 29 horas por dia.
A única solução que me ocorre é fazer várias dessas coisas ao mesmo tempo! Tomar banho frio com a boca aberta, assim você toma água e escova os dentes ao mesmo tempo.
Chame os amigos e seus pais, seu amor, o sogro, a sogra, os cunhados...
Beba o vinho, coma a maçã e dê a banana na boca da sua mulher.
Não esqueça do EU TE AMO, (Vou achar logo quem inventou isso, me aguarde).
Ainda bem que somos crescidinhos, senão ainda teria um Danoninho e se sobrarem 5 minutos, uma colherada de leite de magnésio.
Agora você tá ferrado mesmo é se tiver criança pequena, ai lascou de vez, porque o tempo que ia sobrar para você...Meu já era. Criança ocupa um tempo danado.
Agora tenho que ir.
É o meio do dia, e depois da cerveja, do vinho e da maçã, tenho que ir ao banheiro e correndo.
E já que vou, levo um jornal... Tchau....
Se sobrar um tempinho, me manda um e-mail.


Luís Fernando Veríssimo

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

Como Nossos Pais

Olá Povo,

Fiquei dodói essa semana, mas já estou melhor. Estava desanimada até para comentar, quem dirá postar. O desânimo já se foi, mas não sei o que escrever, então vou postar a letra de uma música que adoro, de uma cantora PERFEITA, a melhor de todos os tempos.
Bom fds.
Bjoks

Como Nossos Pais
Elis Regina
Composição: Belchior


Não quero lhe falar,
Meu grande amor,
Das coisas que aprendi
Nos discos...

Quero lhe contar como eu vivi
E tudo o que aconteceu comigo
Viver é melhor que sonhar
Eu sei que o amor
É uma coisa boa
Mas também sei
Que qualquer canto
É menor do que a vida
De qualquer pessoa...

Por isso cuidado meu bem
Há perigo na esquina
Eles venceram e o sinal
Está fechado prá nós
Que somos jovens...

Para abraçar seu irmão
E beijar sua menina na rua
É que se fez o seu braço,
O seu lábio e a sua voz...

Você me pergunta
Pela minha paixão
Digo que estou encantada
Com uma nova invenção
Eu vou ficar nesta cidade
Não vou voltar pro sertão
Pois vejo vir vindo no vento
Cheiro da nova estação
Eu sei de tudo na ferida viva
Do meu coração...

Já faz tempo
Eu vi você na rua
Cabelo ao vento
Gente jovem reunida
Na parede da memória
Essa lembrança
É o quadro que dói mais...

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo o que fizemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Ainda somos os mesmos
E vivemos
Como os nossos pais...

Nossos ídolos
Ainda são os mesmos
E as aparências
Não enganam não
Você diz que depois deles
Não apareceu mais ninguém
Você pode até dizer
Que eu tô por fora
Ou então
Que eu tô inventando...

Mas é vocêQue ama o passado
E que não vê
É você
Que ama o passado
E que não vê
Que o novo sempre vem...

Hoje eu sei
Que quem me deu a idéia
De uma nova consciência
E juventude
Tá em casa
Guardado por Deus
Contando vil metal...

Minha dor é perceber
Que apesar de termos
Feito tudo, tudo
Tudo o que fizemos
Nós ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Ainda somos
Os mesmos e vivemos
Como os nossos pais...