domingo, 26 de abril de 2009

Meu Aniversário.

“Brindo a casa, brindo a vida, meus amores, minha família...”
É gente fiquei mais velha... Não teve jeito ¼ de século, 25 anos chegou. Há 10 anos atrás eu debutava. Imaginava que seria “a fodona” quando chegasse a essa idade, mas parece que tenho mais dúvidas e sempre perseguindo o mesmo objetivo: SER FELIZ.
Hoje pensei durante todo o dia em que escrever, e só uma coisa vinha em minha mente: agradecimento.
Agradeço a Deus pelo Dom da Vida. Vida essa condenada pelos médicos desde o início, minha mãe teve rubéola quando grávida de mim, logo, deveria ter abortado e não o fez. Eu nasci perfeita (talvez um desvio mental qualquer... rsrsrs). Já nasci com a bunda virada pra lua e por que não dizer com a lua dentro dela né?!! Não acredito em sorte e sim que eu sou muito amada e devo ter uma missão muito especial de Deus aqui nessa terra. Tenho uma família que amo mais que tudo, pude escolher alguém para chamar de pai (senti muito sua falta hj...:’[ ), sempre tive amigos para me apoiarem quando mais precisei. Sempre tive um teto apesar dos sufocos que passamos, principalmente no pós-Collor e na fase FHC. Consegui entender que dinheiro não é tudo, mas que é importante pra cacete.
Agradeço hoje a Deus por todos os milagres operados em minha família, o câncer de minha mãe, a recuperação do meu irmão mais novo após seu atropelamento que quase o matou, a superação de meu irmão mais velho, que segundo os médicos, não passaria dos 3 meses de vida.
Agradeço pelo meu trabalho, que é fonte do meu sustento. Pelos meus estudos. Pela minha faculdade que sempre foi meu sonho e quando achei que seria impossível, ganhei de presente. Mesmo com os sustos no caminho da realização (desemprego), já está chegando ao fim e me abrindo tantas portas.
Agradeço muito e peço, mais e sempre, pela minha saúde. Que mesmo tendo vários “probleminhas” consigo cuidar, pois tenho o privilégio de possuir um plano de saúde.
É meu povo, se olhar para o lado “de rabo de olho” vejo que sou uma afortunada, pois já passei bem e feliz pela infância, adolescência e já estou na fase adulta e nunca passei uma noite num hospital e tanta criança nesse mundo só queria poder ir pra casa.
Percebi que tenho muito o que buscar, quero muita coisa, mas TUDO QUE EU QUERO, EU POSSO E EU CONSIGO, então hoje obrigada DEUS e a todos que fazem parte da minha vida e história, pois minha vida é maravilhosa.
**********************************************************

Esta noite foi muito feliz. Comemorei meu aniversário em um barzinho e pude reunir alguns dos meus amigos mais queridos. AMO MT TD ISSO!! Obrigada povo.






















Bjoks

quinta-feira, 23 de abril de 2009

São Jorge - O santo guerreiro

Como boa carioca que sou, sou devota de São Jorge.


Dia: 23 de abril
História: Em torno do século III D.C., quando Diocleciano era imperador de Roma, havia nos domínios do seu vasto Império um jovem soldado chamado Jorge. Filho de pais cristãos, Jorge aprendeu desde a sua infância a temer a Deus e a crer em Jesus como seu salvador pessoal.
Nascido na antiga Capadócia, região que atualmente pertence à Turquia, Jorge mudou-se para a Palestina com sua mãe após a morte de seu pai. Lá foi promovido a capitão do exército romano devido a sua dedicação e habilidade - qualidades que levaram o imperador a lhe conferir o título de conde. Com a idade de 23 anos passou a residir na corte imperial em Roma, exercendo altas funções.
Por essa época, o imperador Diocleciano tinha planos de matar todos os cristãos. No dia marcado para o senado confirmar o decreto imperial, Jorge levantou-se no meio da reunião declarando-se espantado com aquela decisão, e afirmou que os os ídolos adorados nos templos pagãos eram falsos deuses.
Todos ficaram atônitos ao ouvirem estas palavras de um membro da suprema corte romana, defendendo com grande ousadia a fé em Jesus Cristo como Senhor e salvador dos homens. Indagado por um cônsul sobre a origem desta ousadia, Jorge prontamente respondeu-lhe que era por causa da VERDADE. O tal cônsul, não satisfeito, quis saber: "O QUE É A VERDADE ?". Jorge respondeu: "A verdade é meu Senhor Jesus Cristo, a quem vós perseguis, e eu sou servo de meu redentor Jesus Cristo, e nele confiado me pus no meio de vós para dar testemunho da verdade."
Como São Jorge mantinha-se fiel a Jesus, o Imperador tentou fazê-lo desistir da fé torturando-o de vários modos. E, após cada tortura, era levado perante o imperador, que lhe perguntava se renegaria a Jesus para adorar os ídolos. Jorge sempre respondia: "Não, imperador ! Eu sou servo de um Deus vivo ! Somente a Ele eu temerei e adorarei". E Deus, verdadeiramente, honrou a fé de seu servo Jorge, de modo que muitas pessoas passaram a crer e confiar em Jesus por intermédio da pregação daquele jovem soldado romano. Finalmente, Diocleciano, não tendo êxito em seu plano macabro, mandou degolar o jovem e fiel servo de Jesus no dia 23 de abril de 303. Sua sepultura está na Lídia, Cidade de São Jorge, perto de Jerusalém, na Palestina.
A devoção a São Jorge rapidamente tornou-se popular. Seu culto se espalhou pelo Oriente e, por ocasião das Cruzadas, teve grande penetração no Ocidente.
Verdadeiro guerreiro da fé, São Jorge venceu contra Satanás terríveis batalhas, por isso sua imagem mais conhecida é dele montado num cavalo branco, vencendo um grande dragão. Com seu testemunho, este grande santo nos convida a seguirmos Jesus sem renunciar o bom combate.
Lendas: um horrível dragão saía de vez em quando das profundezas de um lago e se atirava contra os muros da cidade trazendo-lhe a morte com seu mortífero hálito. Para ter afastado tamanho flagelo, as populações do lugar lhe ofereciam jovens vítimas, pegas por sorteio. um dia coube a filha do Rei ser oferecida em comida ao monstro. O Monarca, que nada pôde fazer para evitar esse horrível destino da tenra filhinha, acompanhou-a com lágrimas até às margens do lago. A princesa parecia irremediavelmente destinada a um fim atroz, quando de repente apareceu um corajoso cavaleiro vindo da Capadócia. Era São Jorge.
O valente Guerreiro desembainhou a espada e, em pouco tempo reduziu o terrível dragão num manso cordeirinho, que a jovem levou preso numa corrente, até dentro dos muros da cidade, entre a admiração de todos os habitantes que se fechavam em casa, cheios de pavor. O misterioso cavaleiro lhes assegurou, gritando-lhes que tinha vindo, em nome de Cristo, para vencer o dragão. Eles deviam converter-se e ser batizados.
ge.
A quem ajuda: é a força de Deus na luta dos excluídos e marginalizados da sociedade.

Oração a São Jorge
Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me vejam, e nem em pensamentos eles possam me fazer mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar.
Jesus Cristo, me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, Virgem de Nazaré, me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus, com sua divina misericórdia e grande poder, seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meu inimigos.
Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus, de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo.
São Jorge Rogai por Nós.
Aiaiai... Sábado fico mai velha. Saio da adolescência... aff. rsrsrs

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Homenagem



Quando nos conhecemos tínhamos objetivos diferentes dos que atingimos. Procurávamos um amor, mas conseguimos algo tão bom quanto, uma amizade que nem lembro direito quando começou, mas é especial demais.
Transmite-me, calma, equilíbrio, paz de espírito. Foi um anjo enviado dos céus quando meu tio estava mal no hospital. Sua atenção, carinho, preocupação me deixava feliz. Contava os minutos para receber um e-mail no meio do dia. Quando conversava com Deus perguntava se eu era normal, pois sendo ele tão espetacular, porque eu não me apaixonava por ele?
Via nas angústias dele as minhas. Via nas atitudes que ele tomou e toma, muitas coisas que fiz e faço.
Recebi dele força, incentivo. Muitas vezes até chorei depois de conversar com ele pelo MSN. Sentia-me normal, mas ficava tão triste por perceber que pessoas verdadeiras sofrem. Isso me parecia uma sentença.
Quando descobri o que meu coração me aprontava, essa paixonite por quem não deve, fiquei pior ainda. Já era notório que entre nós existia apenas uma amizade e sempre que marcávamos algo, eu como sempre não podia, enrolada com as atividades acadêmicas. Tive medo de perder seu carinho e sua amizade.
Depois de tanta angústia e tanta dúvida acho que ele encontrou seu amor. Estou feliz por isso, principalmente por saber que ele está radiante de felicidade.
Hoje é seu aniversário e fiz esse texto para que ele veja e saiba o quanto, em tão pouco tempo, se tornou especial em minha vida. É minha maneira de homenageá-lo.



Roberto,
Nesse dia especial (se tornou especial pra mim também!) quero que tudo que deseja (principalmente para esse fim de semana) se realize em sua vida. Que Papai do Céu derrame sobre ti muitas bênçãos. Te faça infinitamente feliz. Muita saúde, saúde, saúde, paz, harmonia, felicidade, dindin... Tudo de melhor, pois você se faz merecedor disso.
Obrigada por seu carinho, atenção e cuidado. Continue a torcer por mim. Começo a crer no que diz aquela música, que me enviaste que ouço toda hora: “Mas hoje eu sei. / Que volta sempre o sol, / E o escuro da noite vai clarear / E anunciar um novo amor”.
Que essa amizade que foi para ambos um presente de Deus, perdure por toda nossa vida.

Te gosto mt, demais da conta. Rsrsrs

Bjoks

quinta-feira, 9 de abril de 2009

1 ano de blog!!

Meu blog fez um ano. Queria postar algo legal, mas quando fui ver meu primeiro post achei tão atual que resolvi colocar aqui novamente.

Nesse um ano muita coisa aconteceu, mas ainda não me reinventei como gostaria, ainda estou em processo de mudança e acho que pra melhor. Me despindo do que não me faz bem.


Obrigada pelas visitinhas. E me desculpem pelo sumiço.


Ciclos
Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final... Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram. Foi despedida do trabalho? Terminou uma relação? Deixou a casa dos pais? Partiu para viver em outro país? A amizade tão longamente cultivada desapareceu sem explicações? Você pode passar muito tempo se perguntando por que isso aconteceu...

Pode dizer para si mesmo que não dará mais um passo enquanto não entender as razões que levaram certas coisas, que eram tão importantes e sólidas em sua vida, serem subitamente transformadas em pó. Mas tal atitude será um desgaste imenso para todos: seus pais, seus amigos, seus filhos, seus irmãos, todos estarão encerrando capítulos, virando a folha, seguindo adiante, e todos sofrerão ao ver que você está parado.

Ninguém pode estar ao mesmo tempo no presente e no passado, nem mesmo quando tentamos entender as coisas que acontecem conosco.

O que passou não voltará: não podemos ser eternamente meninos, adolescentes tardios, filhos que se sentem culpados ou rancorosos com os pais, amantes que revivem noite e dia uma ligação com quem já foi embora e não tem a menor intenção de voltar. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora... Por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar os livros que tem.

Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaço para que outras tomem o seu lugar. Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. Não espere que devolvam algo, não espere que reconheçam seu esforço, que descubram seu gênio, que entendam seu amor. Pare de ligar sua televisão emocional e assistir sempre ao mesmo programa, que mostra como você sofreu com determinada perda: isso o estará apenas envenenando, e nada mais. Não há nada mais perigoso que rompimentos amorosos que não são aceitos, promessas de emprego que não têm data marcada para começar, decisões que sempre são adiadas em nome do "momento ideal".

Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará!

Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo, sem aquela pessoa - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade. Pode parecer óbvio, pode mesmo ser difícil, mas é muito importante.

Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida.

Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira. Deixe de ser quem era, e se transforme em quem é. Torna-te uma pessoa melhor e assegura-te de que sabes bem quem és tu próprio, antes de conheceres alguém e de esperares que ele veja quem tu és...

E lembra-te: Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão.



PS: Obrigada pelos presentinhos e pelas visitinhas tenho visto os blogs, mas não tenho comentado. Meu início de período foi de arrancar os cabelos, mas passei bem, mt bem por ele.

Meu tio continua a se recuperar. Ainda sem Quimio e sem rádio, mas em casa.


Feliz Páscoa.

Bjoks