domingo, 31 de julho de 2011

Meu Anjo Negro - A distância


Meu anjo negro foi embora. Recebeu uma promoção e foi pro outro lado do país. Sabia disso desde o ano passado, mas desde que soube chorei muito. Saber que ele estará longe não é legal. Terminamos há bastante tempo, mas virava e mexia ficávamos juntos. Acredito que nunca tenha desejado tanto que um relacionamento desse certo como foi com ele.

Ele apareceu pra me tirar do fundo do poço. Ajudou-me a escrever outras páginas do meu espetáculo. Fez com que eu me reencontrasse como pessoa e como mulher. Foi, e é meu amigo, meu ombro gostoso, me dá o abraço mais longo e mais aconchegante, quando não tenho palavras para expressar o que sinto, sempre me mostra o lado legal da história, mas não deixa de apontar as pedras que talvez eu encontre. Sempre foi paciente, carinhoso. Sempre falou pouco, mas seu olhar e seus gestos me foram suficientes em diversos momentos. Respeitou meus medos e inseguranças, mas fiz com que os dele despertassem.

Meu medo sempre muito traiçoeiro comigo fez com que eu o magoasse, mas o NOSSO medo, NOSSA insegurança nos impediu de seguir.

Por diversas vezes, mesmo depois de meses sem nos falarmos, ele apareceu e pediu que eu fosse com ele, mas esse tipo de mudança não é assim. E já havia outro alguém em meu coração.

Na quarta-feira a noite ele esteve aqui em casa. Disse que não poderia ir embora sem me ver. Deu-me um beijo, um abraço trêmulo, disse que nunca vai me esquecer, que quer me ver lá. Mais uma vez perguntou-me se não queria ir com ele.

Sentir seu abraço forte, seu cheiro, seu carinho, sua voz ao meu ouvido se despedindo, fez passar em minha mente em poucos minutos toda nossa história, tudo o que ele significa pra mim e principalmente, lembrar tudo o que desejo pra ele.

Não consegui falar apenas chorei e disse que desejava a ele toda felicidade do mundo, e que independente dos acontecimentos futuros ele sempre estará em meu coração como alguém muito especial em minha vida, na minha história. Ele sempre representará um anjo em minha vida. Que me fez bem, que me mostrou Deus nas pessoas, que me fez crer no amor novamente.

Agora a pouco nos falamos via MSN. Ele já está lá, mas diz que o coração está aqui. O meu ficou apertado e às vezes sinto lá no fundo do coração um desejo que nós tivéssemos, de fato, dado certo. Há uma ligação entre nós que não sei explicar. Eu o adoro e espero que a distância não afaste nossos corações.

Que Papai do Céu abençoe essa nova fase da vida dele e o proteja de todo o mal.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Homenagem: Dias dos Avós




Dona Cila
Maria Gadú

De todo o amor que eu tenho
Metade foi tu que me deu
Salvando minha alma da vida
Sorrindo e fazendo o meu eu

Se queres partir, ir embora
Me olha da onde estiver
Que eu vou te mostrar que eu to pronta
Me colha madura do pé

Salve, salve essa nega
Que axé ela tem
Te carrego no colo e te dou minha mão
Minha vida depende só do teu encanto
Cila pode ir tranquila
Teu rebanho tá pronto

Teu olho que brilha e não para
Tuas mãos de fazer tudo e até
A vida que chamo de minha
Neguinha, te encontro na fé

Me mostre um caminho agora
Um jeito de estar sem você
O apego não quer ir embora
Diaxo, ele tem que querer

Ó meu pai do céu, limpe tudo aí
Vai chegar a rainha
Precisando dormir
Quando ela chegar
Tu me faça um favor
Dê um manto a ela, que ela me benze aonde eu for

O fardo pesado que levas
Desagua na força que tens
Teu lar é no reino divino
Limpinho cheirando a alecrim

******************************************************

Meu avô já mora com Papai do Céu, mas nosso amor nos mantém sempre juntos, pois é eterno. Minha avó está doente e sua memória se foi, mas a minha não. Lembro de quem ela foi, pot isso respeito, quem ela é. A amo demais, mesmo dodói não quero ficar sem ela.

No mais é só, pois estou em prantos e no trabalho.

domingo, 24 de julho de 2011

As portas


É ruim a sensação de se sentir incompreendida. É assim que me sinto. Caminhei por mais de uma hora ontem à noite pelas ruas do bairro, pelo shopping que fica próximo da minha casa... Entrando e saindo em lojas a procura de nada, só para evitar deixar que a raiva e o choro me dominassem.

O envelhecer nos faz mais exigente com os outros que julgamos que cresce a nossa volta. Determinadas atitudes são intoleráveis, certas posturas inadmissíveis. A convivência fica cada vez mais difícil. Tenho tentando ser mais flexível, mas acredito que a flexibilidade, no tocante a convivência, é uma via de mão dupla e temos que abrir mão do que desejamos por mero capricho ou algo parecido para nos satisfazer, mas não há flexibilidade para o que é errado, sujo, desrespeitoso.

Nos últimos anos planejei e abandonei por diversas vezes, por razões diversas, meu maior projeto, que é ter meu canto. E agora que há a possibilidade para tal feito, tinha desistido em prol de outros projetos mais grandiosos, mas acredito que chegou a hora de decolar em vôo solo. Queria razões diferentes e uma forma diferente, mas já que não se faz possível, abrirei a porta que algumas vezes já me foi apontada, por pessoas diferentes, para seguir meu caminho. Por ela cruzarei e trilharei com as bênçãos de Deus o meu caminho, a minha vida, a minha solidão, a minha incompreensão.

Não posso abrir mão de ser a minha verdade em favor da satisfação das vontades de alguém que é irresponsável com orgulho. A vida exigiu que eu crescesse não me ofereceu as oportunidades de relaxar, tive que aproveitar cada oportunidade encontrada, procurar e abrir muitas portas. Não pude esperar a oportunidade aparecer tive que criá-la. Há quem pudesse esperá-la e assim o fez, e se o fez é porque alguém se sacrificou e eu não mais me sacrificarei em nenhum sentido, em nenhum aspecto.

Trilhei meu caminho com êxito em muitos aspectos, talvez em todos. E se a vida é uma escola, sempre fui boa aluna, com deficiências em algumas matérias, fiquei em recuperação em algumas, mas sei que fui aprovada e se agora a mesma escola me desafia a e realizar essa prova é porque estudei bem essa matéria e mais uma vez serei aprovada.

As dificuldades encontradas, as cobranças que me eram feitas e o não ter em quem se apoiar em diversos momentos, me fez forte e corajosa, por isso todos acham que eu posso passar por tudo, superar tudo, ouvir tudo, chorar um pouco, levantar a cabeça e seguir sem que nenhuma ferida aberta, sem que nada doa, mas não é bem assim. Aqui dentro há alguém que sofre e não tem mais razões para se acovardar ou se preocupar como ficarão quando eu me for. Eu me vou e todos serão. A porta está lá e os dedos me mostrando o caminho, poucos enxergam, mas há uma luz linda lá fora que me diz que tudo dará certo.

********************************************************

Um pequeno desabafo. Obrigada pelas visitas de todos. Pelos elogios enviados de diversas formas.

domingo, 17 de julho de 2011

Onde você habita


Você ainda habita em meus sonhos, em meus sentimentos mais nobres, em meus desejos mais impuros, em meus suspiros mais longos, em meus pensamentos mais distantes.

Cada vez que vejo uma demonstração de afeto vindo de sua parte, meu coração transborda de felicidade, por mais que a distância entre nós ainda prevaleça. O sorriso brota em meu rosto sem que eu precise forçar a barra. É natural, espontâneo... Sensações boas de sentir.

A esperança volta a brilhar no fim do túnel. Penso que os nossos medos possam ser combatidos e superados, para que possamos enfim decolar cada vez mais alto em busca do nosso sucesso, em todos os níveis da nossa vida.

Que você possa sair da esfera dos desejos e pensamentos e possa a voltar a habitar os meus dias e os meus planos como antes.

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Das cartas que não enviei - o Medo 1


E se por várias vezes me questionei se realmente gostava de você ou sofria por não ter conseguido superar os meus medos e angústias, acredito que tenha tido a prova que precisava para saber que eu ainda sou louca por você. Jota Quest já canta "Já olhei tantas vezes pro lado / Mas quando penso em alguém / é por você que fecho os olhos"... Então é isso: é por você que fecho os olhos, mas não restou nem uma luz no fim do túnel.
Meu medo me vence e me faz infeliz por tamanha covardia. Até perante a Deus me envergonho. Queria tanto te encontrar mais uma vez e te encontrei por mais quatro vezes e sufoquei dentro de mim tudo o que sinto, por medo. Medo de perder o pouco que ainda me resta, medo de não te fazer bem (talvez o maior medo e a maior angústia que sinto), medo de te fazer sofrer, já que nem meus textos lê por medo de encarar essa verdade.
Há uma frase que diz: "Não peça para Deus guiar seus passos, se você não está disposto a mover seus pés." Pedi tanto a Deus e não movi meus pés. Fiquei estática diante de ti, me sentindo acoada em um canto. Meu coração palpitando a ponto de explodir e eu sem reação.
Agora, tem dias que passam que eu nem lembro, mas tem dias que o mundo parece conspirar para que todos os sentimentos despertem aqui dentro e faça tudo transbordar em lágrimas ou profundo silêncio.
Tem sido um período confuso e dolorido, onde apenas o teclado e o monitor me "me fazem desabafar". Cansei de me lamentar com os amigos. Todo mundo cansa de ouvir sempre a mesma história né?!
Toda essa incerteza, todo esse medo me paralisa, me enfraquece como pessoa, como mulher e me faz perder o rumo da minha vida nesse aspecto.
Não quero te fazer mau ou te atrapalhar em seu progresso, apenas dizer o quanto você é especial e o quanto eu gosto de você.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

O Grande Homem


Nós homens nos caracterizamos por ser o sexo forte, embora muitas vezes caiamos por debilidade.
Um dia, minha irmã chorava em sua casa…
Com muita saudade, observei que meu pai chegou perto dela e perguntou o motivo de sua tristeza. Escutei-os conversando por horas, mas houve uma frase tão especial que meu pai disse naquela tarde, que até o dia de hoje ainda me recordo a cada manhã e que me enche de força. Meu pai acariciou o rosto dela e disse:
“Minha filha, apaixone-se por Um Grande Homem e nunca mais voltará a chorar”.
Perguntei-me tantas vezes, qual era a fórmula exata para chegar a ser esse grande homem e não deixar-me vencer pelas coisas pequenas. Com o passar dos anos, descobri que se tão somente todos nós homens lutássemos por ser grandes de espírito, grandes de alma e grandes de coração, o mundo seria completamente diferente!
Aprendi que um Grande Homem… não é aquele que compra tudo o que deseja, porque muitos de nós compramos com presentes a afeição e o respeito daqueles que nos cercam.
Meu pai lhe dizia:
“Não se apaixone por um homem que só fale de si mesmo, de seus problemas, sem preocupar-se com você… Enamore-se de um homem que se interesse por você, que conheça suas forças, suas ilusões, suas tristezas e que a ajude a superá-las.
Não creia nas palavras de um homem quando seus atos dizem o oposto.
Afaste de sua vida um homem que não constrói com você um mundo melhor… Ele jamais sairá do seu lado, pois você é a sua fonte de energia..
Foge de um homem enfermo espiritual e emocionalmente, é como um câncer, matará tudo o que há em você (emocional, mental, física, social e economicamente)
“Não dê atenção a um homem que não seja capaz de expressar seus sentimentos, que não queira lhe dar amor.
Não se agarre a um homem que não seja capaz de reconhecer sua beleza interior e exterior e suas qualidades morais.
Não deixe entrar em sua vida um homem a quem tenha que adivinhar o que quer, porque não é capaz de se expressar abertamente.
Não se enamore de um homem que ao conhecê-lo, sua vida tenha se transformado em um problema a resolver e não em algo para desfrutar”. Não se apaixone por um homem que demonstre frieza, insensibilidade, falta de atenção com você, corra léguas dele.
“Não creia em um homem que tenha carências afetivas de infância e que trata de preenche-las com a infidelidade, culpando-a, quando o problema não está em você, e sim nele, porque não sabe o que quer da vida, nem quais são suas prioridades”.
Por que querer um homem que a abandonará se voce não for como ele pretendia, ou se já não é mais “ útil ”? … Por que querer um homem que a trocará por um cabelo ou uma cor de pele diferente, ou por uns olhos claros, ou por um corpo mais esbelto? Por que querer um homem que não saiba admirar a beleza que há em você, a verdadeira beleza… a do coração?
Quantas vezes me deixei levar pela superficialidade das coisas, deixando de lado aqueles que realmente me ofereciam sua sinceridade e integridade e dando mais importância a quem não valorizava meu esforço?
Custou-me muito compreender que GRANDE HOMEM não é aquele que chega ao topo, nem o que tem mais dinheiro, casa, automóvel, nem quem vive rodeado de mulheres, nem muito menos o mais bonito.
Um grande homem, é aquele ser humano transparente, que não se refugia atrás de cortinas de fumaça, é o que abre seu CORAÇÃO sem rejeitar a realidade, é quem admira uma mulher por seus alicerces morais e grandeza interior. Um grande homem é o que cai e tem a suficiente força para levantar-se e seguir lutando…

Hoje minha irmã está casada e feliz, e esse Grande Homem com quem se casou, não era nem o mais popular, nem o mais solicitado pelas mulheres, nem o mais rico ou o mais bonito.
Esse Grande Homem é simplesmente aquele que nunca a fez chorar… É QUEM NO LUGAR DE LÁGRIMAS LHE ROUBOU SORRISOS… Sorrisos por tudo que viveram e conquistaram juntos, pelos triunfos alcançados, por suas lindas recordações e por aquelas tristes lembranças que souberam superar, por cada alegria que repartem e pelos 3 filhos que preenchem suas vidas.
Esse Grande Homem ama tanto a minha irmã que daria o que fosse por ela sem pedir nada em troca… Esse Grande Homem a quer pelo que ela é, por seu coração e pelo que são quando estão juntos. Aprendamos a ser um desses Grandes Homens, para vivenciar os anos junto de uma Grande Mulher e NADA NEM NINGUÉM NOS PODERÁ VENCER!

Arnaldo Jabor